sexta-feira, 25 de novembro de 2011


- Como você está?
Há muito tempo eu deixei de estar alguma coisa. Há dias que eu finjo um sorriso para não ter que explicar uma lágrima. Tudo parece bem, não? Eu sou boa em mentir com sentimentos. Talvez porque eu tente me enganar também. Talvez eu faça tudo isso para não ter que lembrar que um filho da puta pegou meu coração, se instalou nele, fez uma bagunça do caralho e como se isso não bastasse, foi embora, o levou junto e resolveu brincar mais um pouco com algo que me pertencia. 
- Eu? Eu estou bem.


Nenhum comentário:

Postar um comentário